sexta-feira, 27 de junho de 2008

Lição nº 7

O que as mulheres dizem e aquilo que querem dizer
As mulheres deviam vir com legendas. Mas não vêm. Por isso é necessário saber ouvir. Quando uma mulher fala, nem sempre diz directamente o que está a pensar. É preciso prestar atenção ao tom de voz, à expressão facial, ter em conta acontecimentos e conversas passados, etc. Nós conseguimos fazer isto sem problemas. E entendemo-nos na perfeição. Logo, temos alguma dificuldade em compreender por que é que os homens não nos percebem. As palavras não interessam nada, e a maior parte das vezes, o que importa é aquilo que nós queríamos dizer e não o que dissemos. Exemplo prático:

- Oh, estás tão giro! (dito sem qualquer entoação)
tradução: Oh, estás tão giro! (às vezes somos mesmo sinceras)

- Oh, estás tão giro! (com ar receoso)
tradução: não te vou deixar sair à rua assim e correr o risco de todas as miúdas olharem para ti.

- Oh, estás tão giro! (com ar surpreso)
tradução: foste tu que escolheste essa camisola sozinho ou teve a ajuda da mamã ou da ex-namorada?

- Oh, estás tão giro! (colocar uma ligeira hesitação a seguir ao “oh” e arrastar o resto das palavras)
tradução: estás engraçado, mas eu não tenho a certeza se quero ser vista em público contigo assim vestido.

- Oh, estás tão giro! (com tom irónico e displicente e acento carregado na palavra “tão”)
tradução: quantas vezes mais vou ter que te dizer que essa camisola é ridícula?!

Eu podia continuar, mas entretanto fiquei com vergonha porque me apercebi do quão mais fáceis seriam as coisas se nós não fossemos assim. Mas somos. E não há nada a fazer. Vá lá meninos, também não implica um esforço assim tão grande, pois não?

11 comentários:

Dr'as Stress disse...

Gosto do teu blog, já o tinha andado a ler há uns tempos!
é útil sim, para ver se essa cambada de elementos do sexo masculino aprende alguma coisinha!

Eu euma amiga criámos há pouco tempo um blog para ajudar os teen com problemas...
Mas não sabemos como divulgar.
Dá uma ajudinha!

http://osadolescentestambemtemproblemas.blogspot.com

*

Ruben disse...

@Belota: Lindo! sem dúvida, mais uma lição muito útil. Certamente, estarei mais atento aos "oh!" "oh" "ooooh" "ohhhhh". No entanto, estou safo com a parte do "giro", certamente não se enquadra comigo :P Logo não tenho nada a temer LOL

@Dr'as Stress: teens? Então talvez deverias começar a não trata-los como crianças. Desculpa la, aqueles tons amarelos com o pato Donald é lamechas todos os dias. Faz-me mais lembrar os cachopos de 10/11 anos do que os teens de 14/18. Os adolescentes gostam é coisas "radicais meu", Bikes e curtes, cores fortes, tags e graf, um pouco ao estilo dos morangos. Põe mais 4 ou 5 posts, muda de cores e grafismo e talvez tenhas mais ajuda da comunidade para publicitar o teu blog. (até eu...)

PsYcHo_MiNd disse...

Mas digam de que forma disserem, desde quando é que um gajo ouve o que uma gaja diz!

Hugo disse...

em contrapartida, qdo um gajo diz "oh, estás tão gira", independentemente da entoação significa: já te fiz um elogio, qdo é que passamos à parte do sexo?

Belota disse...

haaha finalmente aprendemos alguma coisa sobre os homens. Se bem que oh Hugo, nós já desconfiávamos dessa... lol

Ruben disse...

Olha la belota, em relação a lição número 7 tenho uma pequena dúvida. Hoje estive a falar com um amigo meu, que me falou do caso de uma amiga dele que lhe disse:
"Oh também eu! Já estou cansada... [...]" (ao falar da excitação por ter um teclado novo).
Ora, aqui vão vários casos de figura onde o "oh também eu" poderá dizer:
- Oh também eu!: Com suspiro, como quem diz: oh fonix, é desta que vou ter um teclado em modos
- Oh também eu!: Com destaque no Oh, como quem diz: nem me digas nada, estou mesmo mortinha por poder ter um teclado novo, assim vou poder falar mais contigo. Nota: o suspiro também poderá significar conversar com o meu amigo poderá ser motivo de satisfação e desejo dela.
- Oh também eu!: Dito de forma rápida, indicado que apenas escrever para dizer que o está entusiasmada, mas na realidade não está verdadeiramente.

O que achas disso tu que percebes tanto de gajas? Não te importas de elucidar um pobre totó ? :P

Laredo disse...

Há muito tempo, que tento detectar a falsidade e o desdém nos diferentes tons usados pelas meninas...topa-se muito quando falam entre elas...até há umas que só falam assim nesses tons. Estarão sempre com "a cabra secreta que há em mim" ligada?

Mas acredita que não é fácil, é preciso um ouvido apurado, ter aquele dicionário especializado da "cabra secreta" instalado no tradutor...enfim, requer tempo, paciência e aplicação.
Mas com jeito vai indo...

De qualquer forma, não era mais fácil e com resultados mais garantidos, se vocês mulheres, passassem a ser directas e sinceras (dentro do possível, vá lá...)não lhes deve ser fácil, depois de tantos jogos com os homens, e de milhares de anos de cinismo umas com as outras...

Recomenda-se a leitura de "Descubra a Cabra Secreta que há em si", pode ajudar nalguma coisa, senão, ajuda na mesma, fazendo rir!

GetUo&Go disse...

Laredo, vamos la ver uma coisa. As mulheres nao sao propriamente famosas no que diz respeito ao sentido de humor... quero dizer adoram rir-se do proximo mas, rirem-se delas proprias...

Aposto que qualquer mulher que tenha em casa o "Descubra a Cabra Secreta que ha em si" so o tem porque lhe foi oferecido por um homem... e ja acumulou um certa camada de po!

Laredo disse...

Ok, eu sei, mas eu não disse que não era um desafio! E a leitura é recomendada a todos, e não só a elas. Aprender a rir-mos de nós próprios, faz parte dum pacote global de entendimento...

O pensador disse...

Belota, na verdade isso não implica muito esforço e a maioria dos homens sabe fazer isso, só que evitamos dar a entender que somos capazes de o fazer.
Temos um lema conosco: Porquê complicar quando se pode fazer simples?
Que temos a ganhar?
- Menos enxaquecas e dores de cabeça.

Acredita que podes apresentar as mensagens encriptadas que quiseres ou 20/30 versões da mesma frase com entoações diferentes que os homens serão perfeitamente capazes de perceber "aquelas" que realmente interessam e "aquelas" que não interessa (ou não lhe convém!) perceber...

:-)

Maria disse...

Ora... Permitam-me discordar!
Eu li o "descubra a cabra secreta que ha em si", fui eu que o comprei antes de ir de ferias e nunca me ri tanto a ler um livro...
As mulheres tambem se riem delas proprias e se passo por este blog todos os dias e porque me rio bastante de mim mesma, porque ha detalhes das gaijas, que as gaijas abominam, mas so se apercebem quando os outros lhes mostram!
Sentido de humor toda a gente tem, e unisexo!