segunda-feira, 9 de junho de 2008

Tenho um cão de cartão!

Uma vez à conversa com um amigo, cheguei à conclusão de que o homem ideal teria que ter algumas qualidades caninas. Eu sei que isto dito assim, sem mais nem menos, não soa particularmente bem, mas a verdade, é que, se pensarmos bem no assunto, os cães têm algumas vantagens que davam jeito num homem. São fiéis (nem vou comentar esta), adormecem, acordam e têm fome sempre à mesma hora (o que dá um jeitão), estão sempre felizes quando nos vêem, esquecem-se que ralhámos com eles ao fim de 5 minutos, e são treinados para acertar com o xixi sempre no mesmo sítio (o que já é mais do que se pode exigir de um homem às vezes). Faz algum sentido, não?
Ora tudo isto, porque, a Empresa do Ambiente aqui da minha terriola ao lado da capital, levou a cabo durante o fim-de-semana, uma campanha de sensibilização destinada a donos de animais domésticos, intitulada, “não deixe no chão os presentes do seu cão”. Pelas ruas estavam espalhados cartazes de cães, de várias raças e em tamanho real, que à distância pareciam mesmo verdadeiros. Como os cães eram muito giros, na minha rua foram todos roubados. Uma rua de gente civilizada, portanto. E a mim calhou-me um labrador giríssimo com um ar todo querido. É o melhor cão que tive até hoje. Não dá trabalho, não ladra, não suja nada, não foge, está sempre ali quietinho a olhar para mim. Aliás, estou a gostar tanto da ideia que comecei a considerar a hipótese de arranjar um homem de cartão…

4 comentários:

Catwoman disse...

Eheheh!!! Um homem de cartão até devia ser giro mas com o passar do tempo lá tinhas que lhe limpar o pó, por isso já está a dar trabalho...não sei..pelo menos podia levar o lixo á rua...

PsYcHo_MiNd disse...

Para isso antes ligar a tv e ver o Manel Luis Goucha, não!

Fevereiro disse...

É a primeira vez que comento (também sou nova na blogoesfera!)apenas para dizer que vivemos na mesma "terríola" pois também eu vi esses mesmíssimos cartazes por todo o lado. Giríssimos, por sinal !

Belota disse...

Hahaha Olá Fevereiro! Queres um? Eu fiquei com dois :D